Shop Forum More Submit  Join Login
usura na tua pedra by somIndigo usura na tua pedra by somIndigo
Tinhamos chegado. Ricardo empurrou a porta brutalmente...
Em pé, ao fundo da casa, diante duma janela, Marta folheava um livro...
A desventurada mal teve tempo para se voltar... Ricardo puxou dum revólver que trazia escondido no bolso do casaco e, antes que eu pudesse esboçar um gesto, fazer um movimento, desfechou-lho à queima-roupa...
Marta tombou inanimada no solo... Eu não arredara pé do limiar...
E então foi o Mistério... o fantástico Mistério da minha vida...
Ó assombro! Ó quebranto! Quem jazia estiraçado junto da janela, não era Marta - não! - era o meu amigo, era Ricardo... E aos meus pés - sim, aos meus pés! - caíra o seu revólver ainda fumegante!...
Marta, essa desaparecera, evolara-se em silêncio, como se extingue uma chama...

Mário de Sá-Carneiro
A Confissão de Lúcio

(Foto: Parque dos Poetas, Oeiras, Julho de 2003)
No comments have been added yet.

Add a Comment:
 
×




Details

Submitted on
March 15, 2005
Image Size
162 KB
Resolution
550×342
Link
Thumb

Stats

Views
88
Favourites
0
Comments
0
Downloads
4
×